O QUE VER  REGIÃO NORTE  

Bérgamo: O que ver na Cidade Alta e Cidade Baixa

Por Patricia Zaina, em 04/03/2016

Surpreendente e com uma ótima atmosfera, é uma cidade dividida em duas: Cidade Alta e Cidade Baixa. Bérgamo é uma das surpresas agradáveis da Itália, há menos turistas em comparação a Roma, Milão e Veneza, mas é uma cidade com um charme incrível.  Ao chegar na Cidade Alta,  na praça Mercato delle Scarpe temos a sensação de estarmos em uma cena de filme medieval, com torres, ruazinhas de pedras, portas antigas, e um pouco mais distante no topo de uma colina encontramos o  Castello di San Vigilio.  Localizada no norte da Itália, e de fácil acesso, esta apenas 1 hora de trem de Milão. Para quem estiver hospedado em Milão é um ótimo passeio (para conhecer um pouco da história da cidade, informações de como chegar e se locomover,  clique aqui).

Visitei Bérgamo algumas vezes pois morava em uma cidade vizinha, enquanto aguardava a conclusão do meu reconhecimento da cidadania italiana (para saber como foi meu processo, clique aqui). Cheguei na cidade nos meses  de junho e julho, entre a primavera e o início do verão italiano; os jardins , lojas e sacadas das residências estavam sempre floridos e coloridos. A arquitetura da Cidade Baixa é ampla e plana com belos jardins, ruas mais largas, ótima para quem aprecia caminhar.

Bergamo Baixa - Ciao Bella Italia

Arquitetura – Cidade Baixa

 

CIDADE BAIXA

A estação de trem, ônibus e comércio estão localizadas nesta parte da cidade.

 

EXPLORANDO A CIDADE 

Para aqueles que preferem fazer o percurso a pé, ao sair da estação de trem seguir para a rua Viale Pappa Giovanni XXIII, é uma rua ampla com comércio de lojas , bares e restaurantes.  Alguns dos pontos turísticos estão nesta rua, como a igreja Santa Maria Immacolata delle Grazie, um pouco mais adiante  encontramos  a Porta Nuova, antiga porta da cidade e a Torre dei Caduti na Viale Roma,  uma homenagem feita aos mortos da Segunda Guerra Mundial. Desde maio de 2015, a torre esta aberta para visitação.  Para subir os 45 metros da torre com seus 188 degraus, o bilhete custa 3 euros. Do topo da torre é possível apreciar a beleza do centro da cidade.

Bem próximo a Porta Nuova, encontramos a Via Sentierone, é uma rua conhecida e frequentada por moradores locais, aos domingos acontece um comércio de flores e alimentação neste local.

Porta Nuova - Cidade Baixa - Ciao Bella Itália

Edifícios neoclássicos – Porta Nuova e Torre dei Caduti (Cidade Baixa)

Torre dei Caduti - Bergamo Baixa - Ciao Bella Italia

Torre dei Caduti, ao fundo as muralhas para Cidade Alta

A poucos metros de distância da Porta Nuova está uma das tradicionais ruas de compras, a Via XX Settembre, e  a Via Zambonate, no cruzamento destas ruas chega-se a Piazza Pontida, um  local com movimento nos bares, lojas e restaurantes e, na arquitetura nota-se a presença de arcos medievais.

Perto dali  está a Via Sant ´Alessandro, conhecida pelo comércio local, um dos caminhos de acesso a Porta de San Giacomo, um dos muros de entrada para a Cidade Alta.

Bérgamo é para ser descoberta sem pressa,  com seus detalhes, seus arcos nas construções típicos de cidades medievais italianas.

Cidade Baixa - Ciao Bella Italia

Centro Comercial – Cidade Baixa

 

MAPA – CIDADE BAIXA

Alguns dos pontos turísticos de interesse:

Clicar nos marcadores para exibir a legenda:

 

CIDADE ALTA

Diferentes caminhos levam até a Cidade Alta:

  • Funicular

Uma das opções é através do funicular, parecido com um “trenzinho” que te leva até a praça Mercatto delle Scarpe, na parte alta.  Na Cidade Baixa, a bilheteria fica na Viale Vittorio Emmanuelle II, e o bilhete custa 1,30 euros.

Funiculare - Cidade Baixa - Ciao Bella Italia

Funicular – a caminho para Cidade Alta

  • Percurso a pé

Há diferentes percursos para aqueles que preferem fazer o caminho a pé.  Há outras opções de trajetos além dos citados abaixo, procurei deixar o registro dos caminhos que fiz, em todos os caminhos é possível apreciar a bela vista.

Via Sant´Alessandro

Uma das opções é através da Via Sant´Alessandro, rua próxima a Piazza Pontida, seguir até o final desta rua, chegamos a Porta de S. Giacomo, uma das portas de entrada para a Cidade Alta.  Ao atravessar a porta, estamos na Viale Delle Mura, via principal de entrada para a parte alta.  A praça Mercato delle Scarpe, esta a poucos metros de distância.

Via S. Alessandro - Citta Bassa - Ciao Bella Italia

Via Sant`Alessandro – a caminho da Porta de San Giacomo

Porta di S. Giacomo Bergamo Alta - Ciao Bella Italia

Porta di San Giacomo

Uma outra opção é na Viale Vittorio Emanuele II,  seguir para Via Don C. Botta até a Via Sant´Alessandro, onde há uma escadaria “Scaletta di S. Alessandro”, depois é só continuar a subir a Via Sant´Alessandro.

Scaletta-di-S-Alessandro

Scaletta di S. Alessandro

 

Via Salita di Scaletta 

Pequena escadaria localizada a poucos passos antes da bilheteria do funicular na Cidade Baixa. Uma dica, é melhor fazer este caminho no retorno para a Cidade Baixa,  por ser uma escada com largos degraus,  a subida pode tornar-se um  pouco cansativo. No final desta caminhada chegamos na Porta de San Giacomo, na Vialle delle Mura.

Via Uscita di Scaletta - Citta Bassa - Ciao Bella Italia

Via Salita di Scaletta

 

EXPLORANDO A CIDADE

A praça Mercato delle Scarpe na Bérgamo Alta, é o ponto de partida e chegada do funicular. Aqui as ruazinhas são estreitas e de pedras, continuamos a direta na Via Gombito,  a rua principal da Cidade Alta e que nos leva até a  Piazza Vecchia (Praça Vecchia) , praça renascentista e o coração da cidade.

Nesta praça estão Palazzo Nuovo (Palácio Novo), um grandioso edifício branco com arcos do século 17, atualmente é a sede da biblioteca cívica Angelo Mai;  Palazzo della Ragione (Palácio da Razão) do século 12,  foi sede da primeira prefeitura da cidade e sede da justiça, hoje em dia exibe a cultura e história da cidade; o Campanone (Torre Cívica), todas as noites ás 22:00 horas, o sino toca 100 vezes, uma tradição para lembrar a época em que os portões de entrada da cidade eram fechados;  é aberta para visitação e o bilhete custa 3 euros. A Universidade de Bérgamo, que oferece curso de idiomas para estrangeiros também esta nesta praça.

Piazza Vecchia - Bérgamo Alta

Praça Vecchia – Palazzo della Ragione e Campanone

Ao atravessar o Palazzo della Ragione e antes de chegar na Piazza Duomo , ao olharmos para o chão, encontramos a Meridiana Monumental, um relógio solar construído em 1798, possui  sinais do zodíaco ao seu redor.

(esquerda) Relógio Solar – no chão sob os arcos do Palazzo della Ragione e (direita) Piazza Duomo – Basílica de Santa Maria Maggiore (esquerda) e Capella Colleoni

Os monumentos mais importantes estão concentrados na Piazza Duomo, entre eles: a Catedral Duomo, de grande beleza o seu  interior, é dedicada a  Sant´Alessandro patrono da cidade, a Basílica de Santa Maria Maggiore com estilo renascentistas e barrocos e interior impressionante foi construída no século 12.  A Cappela Colleoni, construída no século 15  com sua fachada de mármore rosa e branco, e estilo do Renascimento Italiano serviu de mausoléu para Bartolomeo Colleoni, chefe militar italiano.

Duomo_Cappella Colleoni _Cidade Alta

Piazza Duomo – Cappela Colleoni (esquerda) e Igreja Duomo (direita)

Via Gombito, é uma das vielas principais da Cidade Alta com movimento de pessoas e comércio de lojas.

Via Gombito - Cidade Alta - Ciao Bella Italia

Via Gombito

Continuando em direção ao Castelo de San Vigilio, encontramos a Via B. Colleoni, com lojas, restaurantes, bares, hotéis, e próximo dali esta a Piazza Mascheroni,  uma praça do século 16 e 17.  No centro da praça esta a Torre della Campanella.

Torre della Campanella - Cidade Alta - Ciao Bella Italia

Torre della Campanella

Ao cruzar a torre, chegamos na Piazza della Citadella (Praça Citadella), ali estão o Museu Archeologico (Museu Arqueológico) o bilhete para o ingresso custa 3 euros, e o Museo di Scienze Naturale (Museu de Ciências Naturais) a entrada é gratuita. No verão, época que visitei a cidade, aos domingos acontecia um “bazar” na Piazza della Citadella, pessoas da cidade expondo seus trabalhos artísticos.

Segui o caminho para o Castelo de San Vigilio, logo após passar pela Citadella, estamos no Largo Colle Aperto, os ônibus de turismo, os ônibus que fazem o percurso do aeroporto (ATB Linea 1) e os ônibus que circulam da Cidade Baixa para Cidade Alta param neste local, pois não é permitido a entrada de ônibus e automóveis na Cidade Alta.  A poucos passos adiante, esta a Porta S. Alessandro,  porém antes resolvi ir até o Orto Botanico di  Bergamo “Lorenzo Rota”, localizado a poucos metros de distância dali.

Largo Colle Aperto - Cidade Alta

Vista do Lago Colle Aperto – Inicio do verão

O Orto Botanico di Bergamo “Lorenzo Rota”  é um local tranquilo e incrível  para quem aprecia o contato com a natureza, além de oferecer uma bela vista panorâmica da cidade.  É um lugar pequeno e as duas vezes que estive no Orto não havia muitos visitantes, é um local que possui uma grande variedade de plantas e flores. Há espaço com bancos nos jardins para aqueles que preferem relaxar e descansar.  Uma das entradas ao Orto, a Scalinatta Cole Aperto, esta localizada alguns passos do Largo Colle Aperto. O ingresso é gratuito. Horários de visitação: a abertura é sempre das 10:00 às 12:00 e reabre as 14:00 e o horário do fechamento depende do período mês. O horário atual, pode ser consultado no site do Orto Botanico (consulte aqui).

Orto Florestal Citta Alta

Panorâmica – Orto Botanico

Orto Florestal - Bergamo Alta

Jardins do Orto Botanico

Retornei á Porta S. Alessandro, dali parte o funicular para o Castelo di San Vigilio, o bilhete custa 1,30 euros. O clima estava agradável então preferi subir o caminho a pé, aproximadamente 20/30 minutos.  É  uma das áreas mais arborizadas da Cidade Alta.

(esquerda) Porta S. Alessandro e (direita) Vista panorâmica da Cidade, ao fazer o caminho a pé até o Castelo

Ao chegar no outro topo, o funicular esta a poucos passos do Castelo e, ao redor há bons bares e restaurantes. A região é muito bonita, com jardins ao redor do castelo.

O Castello di San Vigilio  está situado no topo da colina, a 500 metros de altura,  em uma posição estratégica que permite uma magnífica visão panorâmica da cidade. Foi construído para proteger o território, o início da construção é do século 6, mas somente no século 9 o local ganhou importância, a construção de uma capela dedicada a Santa Maria Madalena. O castelo é aberto para visitação e a entrada é gratuita.  Horários de visitação: Abril a Setembro: das 9:00 às 18:00, Março e Outubro: das 10:00 às 18:00, de Novembro a Fevereiro: das 10:00 às 16:00.

Entrada Castello San Vigilo

Castello di San Vigillio

Interno Castello San Vigilo

Interno – Castello di San Vigillio

Vista Castelo

Jardins – Castello

Vista castello

Vista do Castello

Jardins Castello San Vigilo - Cidade Alta

Parque ao redor do Castello

O castelo está situado na região  Parco dei Colli.

 

 MAPA – CIDADE ALTA

Alguns dos pontos turísticos de interesse:

Clicar nos marcadores para exibir a legenda


Leia também:

  • Planeje sua viagem por Bérgamo: como chegar, se locomover,  temperatura atual e um pouco da história da cidade.

Viaje por outras regiões:


Já visitou Bérgamo? Deixe um comentário, e se achou o post interessante, compartilhe.

Compartilhe:

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*