Região Sul

ISCHIA

Por Patricia Zaina, em 30/05/2016

Cercada por praias de areias douradas e com um clima temperado durante quase todo ano, a ilha de Ischia, na baia de Nápoles, é conhecida por suas nascentes termais e águas de temperaturas agradáveis ricas em propriedades terapêuticas conhecidas desde os tempos da antiga Roma.

De origem vulcânica, possui vários centros termais que oferecem tratamento à base de lama, mas não são as únicas atrações da ilha. É conhecida também por suas agradáveis praias de mar transparente e calmo, como praia de San Francesco, no município de Forio que convida a prática de mergulho, e para os apaixonados por trekking são realizadas excursões para o Monte Epomeo, com seus 789 metros.

Chamada de Isola Verde (Ilha Verde) por sua vegetação exuberante e pelos belos jardins botânicos espalhados pela ilha, como Giardini Ravino, com diversas espécies de suculentas e cactos, e o Giardini La Mortella, com mais de mil espécies de plantas mediterrâneas e tropicais. Leia nosso post aqui, para saber mais sobre o La Mortella.

Forio, Ischia

paisagem, Forio d´Ischia

A ilha já serviu de cenário para gravação de alguns filmes como: Cleópatra, de 1963,  O Talentoso Ripley, estrelado por Matt Damom, Jude Law e Gwneth Paltrow, no ano de 1999, do cineasta inglês Anthony Minghella, e o mais recente filme americano Enquanto houver amor, de 2012 da diretora Kait Coiro.

Ilha Ischia

Castello Aragonese – serviu de locação para filmes

ISCHIA – UM POUCO DE HISTÓRIA

É uma ilha de origem vulcânica com presença de fumarolas – buracos no chão que expele gases vulcânicos, possui fontes termais conhecidas desde a antiguidade.

No passado muitos moradores precisaram abandonar a ilha por causa das erupções que surgiam de suas crateras.

No século 6 a.C foi um destino que reuniu os primeiros colonos gregos, e no século 5 chegaram os Siracusi. Mais tarde a ilha foi cobiçada pelos romanos.

A atividade vulcânica continuou até 1301, ano da última erupção do Monte Epomeo, que com seus 788 metros representa o pico mais alto da ilha.

O local passou por diferentes domínios: dos D´Avalos, depois em 1734 vieram o comando dos Borbouns e em 1806 passou a ser ocupada pelos franceses. Em 1860, com a chegada de Garibaldi a Nápoles, Ischia associou-se à Itália.

A ilha sofreu inúmeros terremotos, no ano de 1883 fez mais de 2000 vítimas no município de Casamicciola.

Hoje em dia a região oferece boas perspectivas para o turismo, conhecida pelos seus banhos termais, águas de temperaturas agradáveis, clima seco, vegetação fértil e exuberante.

 

Visitamos a cidade na época da primavera, o clima era agradável e a cidade estava florida. Ischia é uma simpática ilha rústica, de ruas estreitas no centro histórico e povo hospitaleiro, onde algumas vezes ouvimos os moradores conversarem entre eles no idioma napoletano.  A ilha não estava lotada como acontece no verão. Partimos de Nápoles e chegamos em Ischia Porto, que é o porto principal da ilha. Nesta região alugamos uma scooter  para chegar ao hotel e explorar a ilha nos próximos dias.

Ilha Ischia

estradas Ischia – Forio até Ischia Ponte

A ilha é dividida por :

Mapa Ischia

Mapa em cerâmica típico – Ischia

 

ISCHIA PORTO

É o principal porto da ilha. A maioria das embarcações que partem de outras regiões da Itália chegam neste porto.

Neste local possui um maior número de pessoas, restaurantes, bares e muitos hotéis. A Via Roma e Corso Vittoria Collona são as ruas principais desta parte da ilha, com diversas lojinhas para compras.

Ischia Porto

Ischia Porto

 

ISCHIA PONTE

Com ruelas estreitas e antigas é o centro histórico da ilha. No passado o local era utilizado como casa de pescadores, hoje em dia as residências funcionam como pequenas lojas. Principais atrações são o espetacular Castello Aragonese , Museo del Mare – pequeno museu que conta a história e cultura do mar em Ischia e Cattedralle Santa Maria del´ Assunta, com sua torre de vigia do século 14, de estilo barroco o seu interior, localizada na Via Luigi Mazzella, próximo ao Museu do Mar.

Ischia Ponte

Museo del Mare, ruas Ischia Ponte

Ischia

Ischia Ponte, próximo ao castelo Aragonese

Ischia

Ischia Ponte

  • CASTELO ARAGONESE

Construído no século 15 para proteger os habitantes da ilha de ataques marítimos, o castelo está localizado no alto de uma ilha rochosa, a 113 metros de altura acima do nível do mar.  Conectado a vila por uma ponte de 228 metros de extensão construída em 1438.

Na área interna possui um moderno elevador construído dentro da rocha, instalado no final dos anos 70, onde do alto temos uma bela paisagem da ilha.

No interior do castelo encontramos: os jardins com vista para Ischia Ponte e praia dos pescadores, uma igreja dedicada a Imaculada, o convento de Santa Maria Consolação, catedral da Assunção criada pelos moradores de Ischia, a cripta da catedral dedicada a São Pedro, o cemitério das freiras,  e mais 13 igrejas. No ano de 1851 o castelo era utilizado como prisão política aos opositores dos Bourbons, mas com a chegada de Garibaldi a Nápoles, em 1860, o cárcere passou a não mais existir, e Ischia se associou a Itália.

Hoje, o castelo é uma das principais atrações da ilha, no local são realizados exposições de quadro e no verão acontece o festival de cinema e jazz de Ischia.  O castelo é aberto para visitação.

Pontos de interesse:

Aberto todos os dias da semana.

Horário: a partir das 9:00 até o pôr do sol.

Bilhete: 10 euros adultos / 6 euros crianças de 10 a 14 anos / gratuito para crianças menores de 9 anos.

Telefone +39 081 992 834 / +39 081 991 959
info@castelloaragonese.it

Como chegar ao castelo partindo de Ischia Porto?

O castelo está localizado no Ischia Ponte.  Em Ischia Porto pegar o ônibus linha 7.

Ischia

Castello Aragonese, Ischia Ponte

Via Luigi Mazzella, 7 – Palazzo dell’Orologio – Ischia Ponte.

Aberto todos os dias da semana. Fechado no mês de fevereiro.

Horário: 10:30 às 12:30 e das 15:00 às 19:00.

Nos meses: Julho e Agosto: 10:30 às 12:30 e das 18:00 às 22:00. De Novembro à Março: das 10:30 às 12:30.

Bilhete: 2,50 euros.

Telefone: +39 081 981124
info@museodelmareischia.it

 

CASAMICCIOLA TERME

Nesta região é onde encontramos o maior número de fontes termais, hotéis e spas, como o Parco Termale Oasi Castiglionefunciona como resort e spa. Em Casamicciola há uma pequena marina e um dos 3 portos que há na ilha.

 

LACCO AMENO

Encantador vilarejo com um pequeno porto de barcos coloridos, encontramos algumas lojinhas e restaurantes na região.

O principal atrativo do local é um pequena rocha calcária que está no meio do mar, próximo à costa litorânea com cerca de 10 metros de altura, no formato de fungo ou cogumelo.

A Villa Arbusto com seus perfumados jardins abertos ao público é a sede do importante Museo Archeologio di Pithecusae (Museu Arqueológico de Pithecusae), foi construído em 1785 por Don Carlo Acquaviva. O museu conta a história da ilha de Ischia, onde registra artefatos de tempos pré-históricos – os antigos gregos que se instalaram na ilha por volta de 750 a.c até o período dos romanos. Para chegar até o museu há uma subida íngreme com bela vista panorâmica para a ilha.

Ponto de interesse:

  • Museo Archeologio di Pithecusae (Museu Arqueológico de Pithecusae)

Corso Angelo Rizzoli, 210 Lacco Ameno

Telefones: + 39 081 996103 / + 39 081 900356

www.pithecusae.it

Horário:  No período do inverno funciona: 9:30 às 13:00 e 15:00 às 18:30. No verão: 9:30 às 13:00 e 16:00 às 19:30. A bilheteria fecha 30 minutos antes do ultimo horário.  Fechado as segundas-feiras e durante alguns feriados, confirmar antes.
Bilhete: 5 euros

Ônibus:  De Ischia Porto pegar o ônibus linha CD, CS, linha 1 ou linha 2.

 

FORIO D´ISCHIA

Maior povoado da ilha por extensão, local onde se produz os melhores vinhos da região.  O centro histórico é todo preservado, com ruazinhas estreitas, igrejas, monumentos. Local atraente com belas praias de areias finas e tranquilas como a San Francesco e exuberantes jardins. Um dos mais belos jardins botânicos da Itália – Giardini La Mortella, está neste local. Para saber mais sobre o jardim La Mortella, leia o neste post aqui.

Giardini La Mortella

Giardini La Mortella

No Forio encontramos também o vistoso Jardim Ravino, que funciona como residência de férias com diferentes tipos de hospedagem e jardim botânico, cuja peculiaridade são gigantescas plantas suculentas e cactos. O Giardini Poseidon, um amplo centro de bem estar – spa, com parque de águas termais, praias e jardins abertos aos visitantes fica nesta encantadora região.

Ischia

Giardini Ravino, entrada

Pontos de interesse:

  • Giardini Ravino

Via Provinciale Panza, 140b Forio

Aberto até 15 Novembro. Reaberto no período do Natal, 26 de dezembro até 06 de janeiro, todos os dias. Consultar o site, pois conforme o período do ano, o horário é alterado.

Horário:  segunda, quarta, sexta, sábado e domingo das 9:00 até 17:00 Fechado na terça-feira e quinta-feira, aberto somente com reservas.

Bilhete: 9 euros. Crianças de 3 a 12 anos: 6 euros.

www.ravino.it

info@ravino.it

Ônibus: Linha 1, 2, CS, CD. Parada de ônibus Via Bocca em Forio.

  • Giardini Poseidon

Via Giovanni Mazzella SNC Forio d’Ischia, na Baia de Citara

Horário em 2016: 15/04 até 31/10 é aberto todos os dias, das 9:00 às 19:00. Spa das 9:30 às 18:00. A partir de 3/10 fecha 30 minutos antes.

Bilhete: Preços entre 32 euros, o dia inteiro que inclui serviços de piscina, sauna, praia privada e serviços de praia a 5 euros referente a visita aos jardins do parque.

Telefone: +39 081 908 71 11

info@giardiniposeidonterme.com

www.giardiniposeidonterme.com

Ônibus: Partindo de Ischia Porto, pegar o ônibus linha 2, passando por Casamicciola Terme, Lacco Ameno e Forio, chegando na  Baia di Citara: a última parada (Citara-Giardini Poseidon) . Cerca de 100 metros do parque.

  • Centro histórico – Forio

No centro histórico encontramos:  a Chiesa Soccorso (Igreja do Socorro), do século 19, fica na praça Via Soccorso , dedicada a Santa Maria delle Neve, uma pequena igreja branca localizada no alto de uma praça rodeada pelo mar, no fim de tarde o local oferece um pôr do sol incrível.

O imponente Il Torrione di Forio, torre circular símbolo do local, foi construído para proteger a cidade de invasão. Localizada na Via Torrione, 32 Forio. Hoje em dia o local funciona como um museu cívico e exposições de artes contemporâneas. Ingresso custa 2 euros. Horário: de terça-feira a domingo, das 10:00 às 12:30, consulte aqui  o horário atualizado, pois é alterado conforme período do ano.

 

signsCURIOSIDADE FORIO D´ ISCHIA – Durante os anos 50 e 60 era local preferido de escritores, músicos e pintores como: Truman Capote, Willian Waton, Liz Taylor.

 

SANT´ANGELO

Uma pequena aldeia de pescadores em uma ilhota. O acesso a vila é possível somente a pé, ligada por uma estreita faixa de terra. Há requintadas lojinhas e restaurantes no local.

Todo ano nos últimos dias de setembro é celebrado uma festa para São Miguel de Arcanjo, padroeiro da vila. A comemoração inicia pela manhã com banda pela rua, procissão marítima e a noite acontece na praça um show de música napolitana e fogos de artifício.

Ilha de Ischia

Ao fundo aldeia de Sant´Angelo

aldeia de Sant´Angelo

Fim de tarde, aldeia de Sant´Angelo, vista de outro ponto da ilha

 

DICA CIAO BELLA ITÁLIA: Ischia Porto e Ischia Ponte são locais com mais agito noturno, enquanto Forio e Sant´Angelo são mais tranquilas.

 

ONDE FICA

Localizada no sul da Itália, na região da Campanha. É a maior das três ilhas que compõe a baia de Nápoles (Capri, Ischia e Procida), no mar Tirreno.

COMO CHEGAR

 BALSA 

Ischia faz conexão com outras localidades italianas como: Sorrento, os portos na cidade de Nápoles e províncias Pozzuoli e Mergelluna. Da ilha de Capri e Procida. Faz ligação com outras regiões da Itália, como Ponza e Ventotene, no Lazio.

  • Transporte Marítimo – Nápoles e Ischia

Em Nápoles e Ischia há dois tipos de transportes marítimos que realizam a travessia:

Ferry Traghetto: carros e pessoas. O tempo estimado do percurso é de 1:50, e o bilhete custa cerca de 15 euros, veículo não incluso. Operado pelas companhias de navegação: Caremar e Medmar.

Barcos Rápidos (Aliscafo): somente pessoas.  O tempo estimado do percurso é 50 minutos, e o bilhete custa cerca de 19 euros. Operado pelas companhias de navegação: Alliauro e Snav.

Os bilhetes podem ser comprados na bilheteria do porto, de preferencia antecipados. Para consultar os horários, preços e tipos de embarcações clique aqui. (Empresa da rede de serviços de balsas – traghettiservice).

 

Como chegar e partir de Ischia?

ISCHIAPORTOS EM ISCHIA

Portos comercias: Ischia ou Ischia Porto – o principal porto da ilha, Forio e Casamicciola. Os barcos de passeio utilizam os portinhos em:  Lacco Ameno, San Angelo.

De Ischia Porto e Casamicciola: partem os barcos rápidos (Aliscafi) e os ferry traghetto, enquanto do porto do Forio: somente os barcos rápidos (aliscafi).

 

Como chegar em Ischia partindo do porto de Nápoles?

ISCHIAPORTOS EM NÁPOLES

Calata Porto di Massa, Molo Beverello e Pozzuolli.

Do porto Nápoles Molo Beverello: partem os barcos rápidos (Aliscafo), enquanto de Nápoles Calata Porto di Massa e Pozzuolli, somente os ferrys.

Napoli Molo Beverello é o porto mais próximo da estação central de Nápoles, localizado cerca de 2 km. Para chegar ao porto, da estação central partem táxi, no valor aproximado de 9 euros ou os ônibus (pullman), o bilhete custa cerca de 1,20 euros e pode ser comprado nas tabacarias ou na estação de trem.

Napoli Calata Porto di Massa  é maior e nas imediações há uma estação de trem que faz conexão até a estação central de Nápoles.

Pozzuolli, localizada à 1 hora de distância de trem regional da estação Central de Nápoles. Na área do porto, a estação de metrô mais próxima é a Garibaldi.

 

COMO SE LOCOMOVER

A ilha é de fácil de locomoção, seja através de carro, scooter ou transporte público.  Alguns hotéis oferecem o serviço de transfer do porto até o hotel.

 ÔNIBUS

A rede de transporte público em Ischia é operada pela empresa E.A.V BUS. O bilhete custa 1,30 euros.

Em 2016, linhas e horários:

∝ Primavera, consulte aqui .∝ Verão, consulte aqui. ∝ Outono, consulte aqui. ∝Inverno, consulte aqui.

 

  TEMPO EM ISCHIA

Previsão para os próximos dias:

 

  NA REDE

Site Oficial de Turismo:

Visit Ischia

 

  SAIBA MAIS
  •  HOSPEDAGEM

Fiquei hospedada no  Punta Chiarita Hotel Ristorante Residence, em Panza – Forio. O hotel está localizado em um local tranquilo em meio a natureza com apenas 26 quartos e uma bela vista panorâmica para a baia de Sant´ Angelo.  Fácil acesso até o centro e outras atrações de transporte público. Possui um restaurante interno e uma piscina dentro de uma caverna de águas termais.

Punta Chiarita Hotel Ristorante Residence

Via Sorgetto, 52 Panza – Forio d Ischia

Telefone +39 081 908102

info@puntachiarito.it

 

  •  EVENTOS

Todo ano, no período do verão, ocorre o festival de cinema, piano & jazz na ilha.

Festival de Cinema em Ischia:  acontece de 25 de junho a 02 de julho, no Castelo Aragonese.

Festival de Piano & Jazz: ocorre no final de agosto, no Castelo Aragonese e Lacco Ameneno.

Festa de São Miguel Arcângelo: ocorre em setembro, em Sant´Angelo.

 

 

Ischia O QUE FAZER NA ILHA DE ISCHIA:

Confira a nossa sugestão:

 

 UM PASSEIO POR OUTRAS REGIÕES DA ITÁLIA

 


O link do hotel Punta Chiarito Hotel Ristorante Residence, direciona para as reservas do site Booking, no qual o blog é afiliado. Quem faz a reserva através do link, não paga nada a mais. O blog recebe uma pequena contribuição. Clique aqui, e veja nossa politica de monetização, ou entre em contato conosco.


O conteúdo deste post foi criado pela Ciao Bella Itália, baseado nos serviços utilizados por nós. Não temos nenhum tipo de vínculo comercial com os serviços ou empresas citadas neste texto. e também não recebemos nenhum tipo de remuneração pelo nomes das empresas citadas. Clique aqui, e veja nossa politica de monetização, ou qualquer dúvida entre em contato conosco.

Compartilhe: